Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mário Silva - O outro lado ... de Águas Frias

Outras "visões" sobre a aldeia de Águas Frias - Chaves - PORTUGAL

Outras "visões" sobre a aldeia de Águas Frias - Chaves - PORTUGAL

Mário Silva - O outro lado ... de Águas Frias

Agosto 2021

22
Nov20

A lagartixa-da-montanha (Iberolacerta monticola)

Mário Silva

 

*********************************************************************************************

Embora verde, ainda ninguém conseguiu saber se é adepta do Sporting … Tentei, averiguar, tentando o contacto com a lagartixa, em Águas Frias (Chaves ) - Portugal, mas ela, desconfiada, quando me tentei aproximar, olhou para mim, como se visse o “diabo” e fugiu a “quatro patas, arrastando a longa cauda.

*********************************************************************************************

DSC00149_ms

A cores da lagartixa-da-montanha (Iberolacerta monticola) não deixa ninguém indiferente. Embora seja vista como um réptil nojento e repugnante, ela é importante para o equilíbrio do ecossistema e até “amiga” do ser humano.  

As lagartixas alimentam-se de traças, aranhas, pequenos escorpiões, insetos e uma das presenças mais indesejáveis em qualquer ambiente: as baratas.

Aos seres humanos não fazem nenhum mal: não mordem nem são transmissoras de doenças, mais alguns motivos para serem vistas com bons olhos.

A sua cauda regeneradora

Ao sentir-se ameaçada por algum predador, a lagartixa desprende a causa do corpo, que se mexe por alguns segundos para desviar a atenção e ter a possibilidade de fuga. A cauda passa por um processo de regeneração e cresce novamente em até três semanas, porém, não terá mais vértebras em seu interior, mas cartilagem (como a das nossas orelhas) e, a cada vez que esse processo acontecer, o tamanho vai encurtando.

Os seus “olhos de lince”

De hábitos noturnos, as lagartixas enxergam muito bem à noite. Os olhos delas são 350 vezes mais sensíveis à luz do que os olhos humanos.

Sua reprodução e tempo de vida

A reprodução das lagartixas é ovípara. Geralmente, a fêmea põe entre um ou dois ovos. Na natureza, elas depositam seus ovos entre cascas de árvores ou na terra. Nas casas, qualquer fresta um pouco húmida, como pequenas fissuras ou frestas de janelas, já é local adequado. Os filhotes das lagartixas nascem após cerca de 42 a 84 dias e já estão prontos para viverem sozinhos.


As lagartixas vivem, em média, oito anos.

Como se pode ver, a convivência com as lagartixas é harmoniosa.

.

Elas são amigas, … podem confiar … ou não!

.

🦎

.

Ver também:

https://www.facebook.com/mario.silva.3363

https://mariosilva2020.blogs.sapo.pt/

http://aguasfrias.blogs.sapo.pt

https://aguasfriaschaves.blogs.sapo.pt/

www.flickr.com/photos/7791788@N04

https://www.youtube.com/channel/UCH8jIgb8fOf9NRcqsTc3sBA...

.

🦎

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

LUMBUDUS

blog-logo

Hora no país mais bonito do Mundo - PORTUGAL

Metereologia

CALENDÁRIO

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Mensagens

Calendário

Novembro 2020

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930
Em destaque no SAPO Blogs
pub